InícioPortalBuscarMembrosRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 [FP]Leah Bourbon Von Nicchols

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Leah B. Von Nicchols

avatar

Mensagens : 4
Data de inscrição : 10/06/2012

MensagemAssunto: [FP]Leah Bourbon Von Nicchols    Dom 10 Jun - 20:39

Parte 01 – Informações

Nome Completo: Leah Bourbon Von Nicchols.
Idade: 16 anos
Idade Aparente: 16 anos.
Grupo:Filhos das Sombras.
Animal de Estimação:Um gato preto com olhos bicolores chamado Fred.

Parte 02 – A História
Marcas:Possui uma marca escurecida no pulso esquerdo.

Personalidade: Leah tem uma personalidade deveras fria, e poucos são aqueles que passaram pela barreira que a loira ergueu ao seu redor. Não sente-se confortavel perto dos outros,pois não confia nas pessoas, ou melhor, nos seres vivos, sejam eles humanos,mutantes, quaiquer que sejam, e assim como seu pai, ela não vai muito com a cara dos outros, afinal, o passado esta aí para provar que não são confiáveis mesmo. Nunca esperou a aceitação alheia, e nunca mostrou se importar com ela, apesar de que no fundo, deseja ser reconhecida, ou talvez seja mais um desejo de ser venerada, vai saber né. E para aqueles poucos que passaram por todas as fortalezas ao seu redor (e alguém já fez isso?)Leah pode ser uma garota muito doce e meiga, o que na verdade parece mais uma lenda. Mas tudo não passa de esconder-se por medo.

História: Leah Bourbon Von Nicchols nasceu em New Orleans,há exatos dezesseis anos atrás. Desde cedo, teve tudo o que desejava de sua mãe. A atitude de Katherine Bourbon - um anjo caído - de manter total atenção e dedicação direcionadas à garota foi considerado normal,até porque Leah não teve irmãos e sua única companhia se resumia aos presentes e mimos que ganhava de sua progenitora.Entretanto,ela sabia que essa era um forma que sua mãe achara para dar fim sobre quem era o pai da garota, James Von Nicchols - um demônio - ou onde ele estava. Quando sua mãe morreu em um misterioso incêndio na casa onde morava em Luisiana, a loira de expressivos olhos azuis teve uma nova base materna quando foi adotada por Sarah Jones ,indo morar com a mesma em Nova York.
Apesar da aparência delicada,a garota que costantemente usava os furtos para conseguir seus objetos de consumo, acabou por se envolver no mundo ilícito. Seus avós maternos - Gênova e Arthur Jones- preocupavam-se com o sumiço dela.No momento em que sua mãe adotiva veio a falecer, os problemas se intensificaram e, a mando de seus avós, ela foi internada em clínicas psiquiátricas.

"O por do sol estendia-se sobre Nova York,colorindo o céu em tons alaranjados. Uma garota caminhava pela cidade, cobrindo seu rosto com um capuz escuro, deixando apenas seus longos cabelos claros à mostra. Com alguns trocados nos bolsos,a garota entrou em uma cafeteria,pedindo apenas um expresso para viagem. Ao fundo, o Central Park iluminava-se com as luzes da Grande Apple. Leah surpreendeu-se ao notar que já se encontrava ali, em um de seus lugares preferidos. Após ser atendida,ela deixou algumas notas no balcão,saindo do estabelecimento. Imaginou como seria no dia seguinte, quando precisaria roubar para conseguir o que queria. Um sorriso apareceu em seus lábios ao pensar na ideia. Embora fosse uma atitude perigosa, ela gostava da adrenalina que os furtos proporcionavam.

Sua linha de pensamentos fora quebrada quando ela notou algo no instante em que passava por uma viela. Seu primeiro instinto foi correr, sair dali enquanto sentia que algo estava fora do comum. Ignorando pela primeira vez aquele pensamento, ela jogou o copo de café no lixo e passou a rumar tranquilamente na direção da pequena rua sem saída. Foi quando sentiu mãos a agarrando no meio da escuridão. Ela queria gritar mas foi silenciada quando sentiu um algo sendo pressionado fortemente contra suas narinas. Seu corpo foi ficando pesado e a loira fechou os olhos contra sua vontade,parando de se debater ao ver-se em situação igual a quando estava a viver em clínicas psiquiátricas. (...) Acordara em um lugar desconhecido. Luzes ofuscavam sua visão e descobrir onde estava tornou-se mais difícil. Novamente, Leah pensou em gritar,contudo, seu corpo ainda estava sobre o efeito do éter. Um grito foi abafado quando sentiu algo perfurar em seu braço.Sua pele passou a formigar,seguida de dores em várias partes de seu corpo.

O que quer que tivesse tomado,estava fazendo efeito. A garota tentou soltar-se do que a prendia, achar um modo de escapar dali porém quanto mais se movimentava,mais a dor ficava insuportável.Por fim,quando o ápice da dor chegou ao seu limite,ela não teve mais forças para continuar acordada,lutando. Seus olhos fecharam-se e o corpo cessou os movimentos. "


As luzes e formas apareceram em um rompante, causando uma sensação de mal-estar na garota. Por um momento, temeu que ainda estivesse presa sob as luzes fortes. Porém, notou que o ambiente era diferente. O lugar era iluminado harmoniosamente, de modo que as luzes refletissem os objetos e pessoas que ali estavam. Por mais que sua vista estivesse um pouco turva e o efeito dopante não estivesse passando por completo, ela suspirou. A última coisa que se lembrava, porém, era do som de passos raspando o chão frio enquanto uma voz diria para ela correr o mais rápido que podia, pois estavam sendo perseguidos. Aquele fora o primeiro sinal de que as coisas estavam indo de mal a pior no instante que a garota despertava do efeito do éter. Por fim, ela não pôde evitar lembrar-se dos corpos de seus agressores ensanguentados e sem vida. Logo que conseguiu livrar-se das amarras, e sentindo-se fraca para poder usar as sombras a seu favor, a única coisa que fez foi sair daquele local o mais rápido possível e correr, como se sua vida dependesse daquilo, o que não era mentira.
Foi quando esbarrou em um rapaz de cabelos escuros como a noite e olhos verdes como o mar. Observou-lhe estreitar os olhos, tocar na marca no braço de Leah e sorrir, observando a face pálida da menor como se fosse a coisa mais natural do mundo. A voz melodiosa quebrou o rápido silêncio que ali se instalara, aparentemente feliz pela Filha das Sombras estar viva e inteira.
-Bem-vinda à sua nova vida, pequena.

_________________
"In the end, in the end
It's time for us to lose our weary minds.
"


Leah Bourbon Von Nicchols.
Filha das Sombras, 16 anos, Francesa, FP
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raiser W. Phoenix
Vampiros
Vampiros
avatar

Mensagens : 899
Data de inscrição : 18/03/2012
Idade : 27
Localização : Qualquer lugar do mundo.

MensagemAssunto: Re: [FP]Leah Bourbon Von Nicchols    Seg 11 Jun - 19:37

Aprovada !


Bem Vinda ;]

_________________
Original Vampire | Forever Alone | Crazy | Sexy | ADM.
Raiser W. Phoenix
One hot angel. One cool devil.
Your mind on the fantasy. Livin on the ecstasy.
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[FP]Leah Bourbon Von Nicchols
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Família Rolstroy

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Passe Aqui Antes :: Fichas de Personagens-
Ir para:  
Parceiros

Parceiros


Fórum grátis

Fórum grátis